Pontos turísticos de Londres: 20 passeios imperdíveis (gratuitos e pagos)

Se está indo viajar para a Inglaterra, então confira agora essa lista imperdível com 20 pontos turísticos de Londres para você conhecer. Além das dicas sobre o que fazer em Londres, você encontra um mapa turístico com todas as atrações e os melhores passeios gratuitos!

Pontos Turísticos de Londres

1. Palácio de Westminster

Palácio de Westminster

O Palácio de Westminster é um dos pontos turísticos mais visitados de Londres, já que nele estão localizadas as duas Câmaras do Parlamento do Reino Unido: a Câmara dos Lordes e a Câmara dos Comuns.

Classificado como Patrimônio Mundial da Unesco, o palácio é um dos maiores Parlamentos do mundo, pois conta com uma estrutura de mais de 1.000 salas, 100 escadarias e 5 km de corredores.

Palácio de Westminster

Dica: Atravessando a Ponte de Westminster, você conseguirá tirar as melhores fotos, pois terá uma visão completa de todo o Palácio de Westminster. Além disso, vai ficar longe daquela quantidade enorme de turistas que ficam concentrados na ponte.

Estação de Metrô: Westminster (linhas Circle, District e Jubilee).

2. Big Ben

O Big Ben é um dos ícones mais tradicionais de Londres. Além disso, acredito que seja o souvenir mais vendido aos turistas, pois você encontra lembrancinhas de “big bens” para todos os lados.

Apesar do nome Big Ben ser usado popularmente para se referir à Torre do Relógio do Palácio de Westminster, o nome oficial da torre é Elizabeth Tower, em homenagem à Rainha Elizabeth II. Portanto, Big Ben é o nome do sino instalado em 1859 na Torre do Relógio. Uma curiosidade que só fui descobrir em Londres.

Famosa torre do Big Ben

Está indo para Londres? Aproveite para reservar seu hotel pelo nosso link. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o nosso blog.

Dica: Descendo na Estação de Metrô Westminster, você sairá exatamente de frente para o Big Ben. É uma emoção imensa ver o Big Ben assim de pertinho logo na saída do metrô. Na mesma calçada, seguindo a direita, você verá várias cabines telefônicas vermelhas, outro ícone londrino que merece seu registro.

Estação de Metrô: Westminster (linhas Circle, District e Jubilee).

3. Palácio de Buckingham

Palácio de Buckingham é a residência oficial da monarquia britânica. Em frente ao palácio, ocorre a tradicional cerimônia de Troca da Guarda, com duração aproximada de 45 minutos, acompanhada por uma banda militar britânica.

O evento ocorre diariamente no verão e de forma alternada no inverno. É importante ressaltar que os dias e horários da cerimônia costumam variar conforme a época do ano. Portanto, não deixe de consultar o calendário oficial antes da sua viagem.

Palácio de Buckingham em Londres

Dica: Os 19 Salões de Estado (State Rooms) integrantes da estrutura do Palácio de Buckingham são abertos para visitação, mas somente em determinados meses do ano. Informações sobre visitas e ingressos podem ser obtidas no site oficial.

Estação de Metrô: Green Park (linhas Jubilee, Piccadilly e Victoria).

4. Tower Bridge

Tower Bridge em Londres

A Tower Bridge é mais uma das atrações turísticas imperdíveis de Londres. Inaugurada em 1894 sobre o Rio Tâmisa, a ponte basculante é uma das mais famosas do mundo, pois já foi destaque em vários filmes, tais como: “O diário de Bridget Jones”, “007: O Mundo Não É O Bastante“, “O Retorno da Múmia” e “Sherlock Holmes“.

Tower Bridge em Londres

Dica: Quer ver a ponte abrindo e fechando para as embarcações passarem? Visite o site oficial da Tower Bridge, pois lá você encontra todas as informações dos dias e horários programados (clique na opção “Bridge Lift Times“). Vale lembrar que adquirindo o London Pass, a entrada para esta atração já está incluída.

Estação de Metrô: Tower Hill (linhas Circle e District).

5. Museu Britânico

Museu britãnico em Londres

O Museu Britânico (em inglês, The British Museum) é simplesmente um dos museus mais visitados do mundo. Isso porque o museu possui um acervo brilhante, contando com mais de sete milhões de objetos de todos os continentes.

Sem dúvida, é um passeio bem interessante, já que o museu conta a história da cultura humana desde os seus primórdios até a atualidade.

Museu Britãnico de Londres

Dica: O mapa gratuito distribuído pelo Museu Britânico permite que você faça uma visita autoguiada de 1 hora ou de 2-3 horas, de acordo com a sua disponibilidade de tempo. Além disso, o mapa lista as principais obras e suas respectivas localizações.

Estação de Metrô: Holborn (linhas Central e Piccadilly).

Horário: Diariamente, das 10h às 17h30. Nas sextas, das 10h às 20h30. Entrada gratuita.

 6. Galeria Nacional

Fundada em 1824, a Galeria Nacional (The National Gallery) é considerada uma das galerias de arte mais importantes do mundo já que possui um acervo de mais de 2.300 quadros, datados do século XIII ao XX. São diversos os artistas consagrados, tais como: Leonardo da Vinci, Van Gogh, Claude Monet, Michelangelo e Rembrandt.

Além disso, a Galeria Nacional fica localizado na Trafalgar Square, praça considerada o coração de Londres. Assim, você já conhece dois lugares de uma vez só. Então, não deixe de acrescentar esse passeio gratuito no seu roteiro em Londres.

Galeria nacional em Londres

Procurando onde ficar em Londres? Reserve seu hotel pelo nosso link. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o nosso blog.

Dica: O site oficial da Galeria Nacional é ótimo para otimizar sua visita, pois disponibiliza uma lista com as 30 obras mais importantes do museu. Se tiver mais tempo, vale a pena adquirir o audioguia (disponível em português) com as 80 obras mais visitadas e, assim, aproveitar ainda mais o acervo da galeria.

Estação de Metrô: Charing Cross (linhas Bakerloo e Northern).

Horário: Diariamente, das 10h às 18h. Nas sextas, das 10h às 21h. Entrada gratuita.

7. Abadia de Westminster

Abadia de Westminster (Westminster Abbey) é uma igreja anglicana famosa mundialmente, já que é o local de coroação do Monarca do Reino Unido. Em 2011, foi palco do casamento do Príncipe William e Kate Middleton. Além disso, vários monarcas e cientistas foram sepultados no interior da Abadia, como Isaac Newton e Charles Darwin.

Abadia de Westminster

Dica: Você pode conhecer gratuitamente a Abadia participando da missa cantada chamadaEvensong” às segundas, terças, quintas e sextas às 17h e domingo às 15h. Sem dúvida, é uma experiência incrível e emocionante ouvir o coral da igreja e apreciar o interior da Abadia. Além disso, é possível fazer uma visita de segunda a sábado das 9h30 às 15h30, mediante a compra de ingressos no site oficial. O acesso é livre com o London Pass.

Estação de Metrô: Westminster (linhas Circle, District e Jubilee).

8. London Eye

London Eye, a roda gigante de Londres

A London Eye é um dos pontos turísticos mais emblemáticos da Inglaterra e disputados de Londres, pois oferece uma vista panorâmica maravilhosa das principais atrações da cidade, como por exemplo, o Palácio de Westminster e o Big Ben.

A roda-gigante possui 135 metros de altura, 32 cabines para 25 pessoas cada e realiza a volta completa em 30 minutos.

Dica: Recomendo comprar os ingressos pela internet, pois é a melhor forma de evitar filas que podem levar horas. Lembre de verificar o horário de funcionamento, pois costuma variar conforme a época do ano. Todas essas informações podem ser obtidas no site oficial da London Eye.

Estação de Metrô: Waterloo (linhas Bakerloo, Jubilee, Northern e Waterloo & City).

9. Torre de Londres

Torre de Londres

A Torre de Londres (em inglês, Tower of London) possui uma história cheia de curiosidades, pois já serviu para diversas finalidades desde a sua construção em 1078. Já funcionou, por exemplo, como residência real, prisão, local de tortura, depósito de armas, casa da moeda e até mesmo serviu de abrigo para animais selvagens.

Dentre as atrações do local, a coleção de Joias da Coroa (TheCrownJewels) costuma ser a preferida dos turistas. Foi certamente a parte que mais gostei da visita.

Torre de Londres

Dica: A visita aos edifícios da Torre de Londres é melhor aproveitada com o tour guiado oferecido pelos guardas locais, chamados de beefeaters. Para quem não domina o inglês, recomendo adquirir um audioguia (disponível em português), pois, assim, a visita fica mais interessante.

Os valores atualizados podem ser verificados no site oficial. Caso adquira o London Pass, a entrada para esta atração já está incluída e você ainda ganha direito ao “corta-fila” (fast track).

Descubra tudo sobre a Torre de Londres nesse post incrivel do blog Descobrir Viajando!

Estação de Metrô: Tower Hill (linhas Circle e District).

 

10. Catedral de São Paulo

Catedral de São Paulo em Londres

A Catedral de São Paulo (St. Paul’s Cathedral) é uma catedral anglicana muito conhecida por ter sido palco do casamento do Príncipe Charles e da Princesa Diana em 1981. Além disso, a catedral possui uma das maiores cúpulas do mundo, o que a torna um dos pontos turísticos de Londres muito procurados por aqueles que querem apreciar uma vista panorâmica da cidade.

Catedral de São Paulo em Londres

Dica: Assim como a Abadia de Westminster, você pode conhecer a Catedral de São Paulo gratuitamente participando da missa “Evensong” de segunda a sábado às 17h e domingo às 15h15. Ouvir o coral da igreja enquanto aprecia o seu interior é um momento inesquecível.

Além disso, o local pode ser visitado de segunda a sábado das 8h30 às 16h30, mediante a compra de ingressos no site oficial. A entrada é livre e preferencial com o London Pass.

Estação de Metrô: St. Paul’s (linha Central).

11. Museu de História Natural de Londres

O Museu de História Natural é um dos principais museus de Londres e um dos mais visitados do Reino Unido, já que reúne a mais importante coleção de história natural do mundo. São cerca de 80 milhões de espécies de ciências naturais e da Terra. Não é à toa que, além de museu, é também um renomado centro de pesquisa científica.

Ponto turístico de Londres: Museu de História Natural

Sua exposição mais famosa é a dos esqueletos de dinossauros, porém uma das coleções historicamente mais valiosas é a de espécies coletadas por Charles Darwin.

Dica: Durante o inverno, o Museu de História Natural oferece uma das melhores pistas de patinação no gelo de Londres.

Horário: Diariamente, das 10:00 às 17:50. Entrada gratuita.

Estação de metrô: South Kensington (linhas District, Piccadilly e Circle).

12. Palácio de Kensington

O Palácio de Kensington é uma residência Real situada no Kensington Gardens e lugar de moradia da monarquia britânica há mais de 300 anos. Apesar de ainda haver alguns membros da família Real morando no local, várias salas e apartamentos são abertos ao público para visitação.

Você sabia que o seguro viagem para Londres é obrigatório? Nossa dica é consultar o SegurosPromo, que pesquisa o menor preço entre diversas seguradoras. Aliás, nossos leitores ganham um desconto especial de 5% usando o cupom VIVERNOMUNDO.

Durante a visita, você pode conhecer um pouco mais da história de duques e princesas da realeza britânica, ter acesso aos cômodos de luxo, observar as pinturas e quadros nas paredes e apreciar as preciosas esculturas e peças de arte.

Confira os meses e horários de funcionamento no site oficial dos Palácios Reais. Acesso incluído com o London Pass.

Estação de metrô: High Street Kensington (linhas District e Circle, Queensway, Central)

13. Hyde Park

Hyde Park é o maior parque do centro de Londres e o mais antigo da cidade. O local recebe shows e manifestações desde a sua criação em 1536. Depois, passou a ser palco de uma tradição de celebrar aniversários ligados à Casa Real com o disparo de 41 canhões ao meio-dia.

Hyde Park em Londres

O parque é perfeito para lazer e descanso pois você tem várias opções do que fazer, como por exemplo, caminhar, deitar na grama, tomar sol na beira do lago, fazer piquenique e andar de bike. Além disso, é possível alugar cadeira de sol e barcos de remo.

Esse passeio gratuito é uma ótima pedida para sua viagem, especialmente no verão londrino. No entanto, pode ser ainda mais legal no inverno, pois durante o mês de Dezembro acontece o Hyde Park Winter Wonderland. Essa é uma atração com mercado a céu aberto, parque de diversões e muitas luzes de Natal.

Estação de metrô: Knightsbridge e Hyde Park Corner (linhas: central, Piccadilly, Lancaster Gate, Queensway e Marble Arch)

14. Regent’s Park

O Regent’s Park é um parque Real de Londres e maior centro dedicado a esportes ao ar livre. Como o parque é bem grande, nele você encontra vários jardins incríveis, com mais de 400 variedades de rosas e dezenas de espécies de pássaros selvagens.

Fonte do Regent's Park em Londres

Além disso, o parque contém um teatro do céu aberto, o jardim zoológico de Londres e a colina Primrose de onde se tem uma vista panorâmica do centro da cidade. Mas a grande diversão, principalmente no verão, é alugar um barco ou pedalinho para passear no lago.

Estação de metrô: Regent’s Park (linha Bakerloo), Great Portland Street (linhas Hammersmith & City, Circle e Metropolitan) e Baker Street (linhas Hammersmith & City, Circle, Jubilee, Metropolitan e Bakerloo).

15. Picadilly Circus

A Picadilly Circus é uma famosa praça de Londres no cruzamento das ruas Regent Street, Shaftesbury Avenue, Piccadilly e Haymarket. Esse é um dos pontos turísticos de Londres que virou ícone por causa dos painéis que passam propagandas de grandes marcas como Coca-Cola e Mc Donald’s.

Picadilly Circus

O movimento na Picadilly é intenso durante o dia todo, tanto por causa de turistas quanto dos próprios londrinos. Isso porque existe uma enorme quantidade de lojas, cinemas, teatros e restaurantes no local. Além disso, as pessoas costumam se reunir nas escadas em volta da estátua de Eros que fica no centro da praça.

Mas a região fica ainda mais especial à noite, pois é quando as luzes dos painéis deixam a praça toda iluminada. Aliás, esse é um dos lugares com a vida noturna mais animada de Londres.

Estação de metrô: Piccadilly Circus (linhas Piccadilly e Bakerloo).

16. Abbey Road

Quem é fã de Beatles vai saber que a Abbey Road é a rua onde a banda tirou aquela famosa foto atravessando a faixa de pedestre, ilustrada na capa do álbum de mesmo nome. Além disso, é a mesma rua onde fica o Abbey Road Studios, onde os Beatles faziam suas gravações.

Você pode até pensar que é uma simples faixa de pedestre, mas ela ficou tão popular depois dessa foto, que virou legado nacional pelo patrimônio britânico. Inclusive, o estúdio que antes se chamava EMI Studios, mudou para Abbey Road Studios justamente após o sucesso do álbum Abbey Road.

Dica: Cuidado para não cair na pegadinha de ir para o lugar errado. Isso porque existe uma estação de metrô com o nome de Abbey Road, mas na verdade ela fica a 15km da famosa rua. A estação correta é a St John’s Wood.

Estação de metrô: St John’s Wood (linha Jubilee).

17. Borough Market

Localizado às margens do rio Tâmisa, o Borough Market é o mercado de hortifrúti mais famoso e antigo de Londres. É uma delícia passear nesse mercado, pois são cerca de 100 barracas de alimentos, então você encontra todos os tipos de cores, cheiros e sabores por lá.

Borough Market em Londres, InglaterraMas o mercado não se restringe somente às barracas. Tem também diversos restaurantes onde você pode almoçar e experimentar uma típica comida britânica. Portanto, se você curte passeios gastronômicos, já pode incluir o Borough Market no seu roteiro em Londres.

Dica: Evite ir no sábado pois é o dia mais lotado, enquanto os dias de semana são bem mais tranquilos. E não esqueça de checar o horário de funcionamento no site oficial.

Estação de metrô: London Bridge (linha Northern e Jubilee).

18. Notting Hill

Notting Hill é um bairro residencial no distrito de Kensington e Chelsea. Ele se tornou um dos pontos turísticos de Londres após virar cenário do filme “Um Lugar Chamado Notting Hill”.

Notting Hill em Londres

Procurando onde ficar em Londres? Reserve seu hotel pelo nosso link. Você não paga nada a mais por isso e ainda ajuda a manter o nosso blog.

O bairro é caracterizado por lindas casas coloridas no estilo vitoriano, mas o que chama mais atenção no bairro é o burburinho da rua principal Portobello Road. Nessa rua há um mercado de artesanato, uma famosa feira de antiguidades, dentre outras lojas, cafés e restaurantes. Além disso, a rua também é conhecida por sediar o Carnaval de Notting Hill que acontece todo ano no mês de Agosto.

Estação de metrô: Notting Hill Gate (linhas District, Circle e Central).

19. Museu do Sherlock Holmes

O Museu de Sherlock Holmes é uma casa-museu dedicada à vida deste famoso detetive da ficção britânica. A casa de estilo vitoriano, onde residiu o personagem, está situada na Baker Street na fictícia 221B criada pelo novelista Arthur Conan Doyle.

Museu do Sherlock Holmes na Baker Street

Fonte: www.visitbritain.com

O local é uma atração imperdível para quem acompanhou a saga de Holmes e seu companheiro Dr. Watson, já que a casa possui uma decoração autêntica e bem fiel às condições descritas nos livros e apresentada nas séries. A entrada é paga, mas vale a pena conhecer. O ingresso é adquirido somente na hora e você pode consultar os horários de visitação na página oficial do museu.

Estação de metrô: Baker Street (linhas Bakerloo, Circle, Jubilee, Metropolitan e Hammersmith & City).

20. Estúdios do Harry Potter

Para fechar a lista dos pontos turísticos de Londres, não podíamos deixar de fora os Estúdios do Harry Potter para os Pottermaníacos de plantão. Os estúdios ficam em Leavesden, a 30km de Londres, mas se você é fã do bruxo, compensa a viagem. Afinal, os estúdios foram local de filmagem de grande parte dos filmes e hoje viraram uma espécie de museu aberto ao público.

Set de filmagens nos Estúdios do Harry Potter

O passeio é uma ótima forma de reviver os livros e filmes do Harry Potter, já que você passa por espaços como o Salão Principal de Hogwarts, o Escritório de Dumbledore, o Beco Diagonal e a loja de varinhas. Além disso, você pode ver vários artefatos dos filmes expostos, como a vassoura Nimbus 2000, as poções e as vestes dos personagens.

Para saber valores de ingresso e horários de visitação, acesse o site oficial dos estúdios.

Como chegar: Pegar um metrô até a estação London Euston e de lá pegar o ônibus para Watford Junction ou um trem que sai a cada 20 minutos. Você também pode fazer o translado direto ida e volta partindo do centro de Londres pela Get Your Guide e já garantir o ingresso na mesma compra.

https://www.getyourguide.com.br/activity/londres-l57/excurso-e-traslado-harry-potter-e-warner-brothers-t16403?utm_force=0

Mapa dos pontos turísticos de Londres

Para que você consiga visualizar melhor o que fazer em Londres, segue um mapa turístico com todas as atrações para o seu roteiro de viagem à Inglaterra.

Pontos turísticos de Londres: Conclusão

Deu para perceber que Londres oferece uma enorme quantidade de atrações incríveis, tanto pagas quanto gratuitas, para você conhecer. Por isso, utilize o mapa turístico para ajudar no planejamento do seu roteiro de viagem à Londres. Uma dica é separar os passeios por regiões para otimizar o seu tempo e aproveitar mais.

Mesmo com todas essas dicas de atrações para conhecer em Londres, nem sempre é tarefa fácil decidir o que fazer quando estamos viajando né? Se você se sente perdido e indeciso toda vez que viaja, precisa conferir essas dicas do blog Fora da Zona de Conforto sobre atividades diversas e coisas para fazer durante a sua viagem!

Gostou das nossas dicas sobre o que fazer em Londres? Conta nos comentários quais dos pontos turísticos de Londres você mais quer visitar e aproveite para compartilhar com os amigos!

Compartilhe

SOBRE O AUTOR
VEJA TAMBÉM

1 Comentário. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu